Visualizações de página do mês passado

ATENÇÃO

Atenção
Todas as imagens utilizadas nesse blog foram retiradas da internet

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

GUERREIRA DA FAVELA


Acorda 5 da manhã, faz o café
Tão cansada que nem se da conta que já está de pé
Abre a carteira e percebe que ali não tem nem o dinheiro pra feira.
Dor passageira, por um minuto, pois percebe que ainda tem que trabalhar muito .
Não ha tempo pra dor, sofrimento ou rancor.
Ela sabe que ainda tem que ralar muito doutor.
São já 6 filhos.
E ela nem sabe como vai alimentar seus meninos.
Então levanta a cabeça , põe o café sobre a mesa.
E luta pra dar outra vida pra sua filha Vanessa.
O que acontece ela ja nem sabe, só o peito abre e deixa fluir todo amor que só em seu coração cabe.
Sobrou saudades do sonho de menina de ter uma casa de verdade.
Daquele amor que não a faria maldade.
Sobrou só sonhos de poder mudar a realidade.
Ela dentre outras mulheres, é a heroína da vida real, que é tratada como só mais uma mulher, banal.
Ela é mais uma heroína da favela, que toma coragem pra passar nas vielas que roubaram seu sonho de cinderela.
Ela esta em cada uma de nós, ela é nossas mães, nossas avós.
Ela é donzela, mas simplesmente é tratada como plebeia.
Mas não vacila pois sabe que é rainha nem que seja apenas da farinha.
E faz de tudo pra vencer na vida.
De tudo literalmente, lava, passa , cozinha...
Ela é uma deusa, nem que seja apenas de cereja.
Que deixou cair, quando viu o pai de seus filhos fugir.
Mas levantou, e continua na lida.
Hoje luta pra simplesmente encontrar uma saída.
Ela é mais uma mulher que assumiu sozinha a responsabilidade que cuidar de uma família requer.
2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário