Visualizações de página do mês passado

ATENÇÃO

QUER AJUDAR O BLOG ?
Deixe um comentário a baixo de uma postagem ou marque, bom, muito bom ou ruim.

domingo, 31 de julho de 2016

Dançando com o vento

Pintura de Anouk Lacasse
Pintura de Anouk Lacasse

Sinto-te como o mais suave vento
Você faz parte do meu pensamento
Chegou tão de repente...
E tomou conta de minha mente 

Você é como meus sublimes dias alegres
Ao teu lado meu corpo ferve 
A singeleza de suas palavras me faz querer viver
Pra ver, como será minha vida com você

Quando me toca com todo teu ser,
Faz-me no universo perecer.
E assim como uma grande estrela se consome
Perto de ti, minha alma some

Mesmo distante 
Parece que sinto-te a todo instante
E como alegres borboletas sem o vento não vivem
Sem ti minha alma se deprime

Sinto todas as energias deste amor
Que me faz botar como uma flor
Que floresce mesmo em meio ao verão
Explodindo de alegria meu coração

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Doce amor



Então deixei de DESamar!
O amor me pegou de jeito e me levou ao mar
Mostrou-me as estrelas, o céu e o luar

E quando pensei em desistir
O amor me abraçou e não me deixou cair
E pra estrada da solidão não me deixou ir

Há esse amor!
Ele tem cheiro de flor
E traz pra vida tanta cor

Ele é suave como o vento
E com carinho aflora meus talentos
Longe dele ficar já nem aguento

Sonho um dia junto dele voar
Sob uma trilha de estrelas caminhar
Como posso longe de um ser tão incrível ficar?

Venha amor! 
Venha ser meu pintor
Cantor, autor, admirável escultor
Venha escrever com gosto essa linda história de amor.

sábado, 16 de julho de 2016

Ela folha



Ela era folha, e o vento a levava
Ela era folha, e a natureza a amava
Ela? Folha! Que não sabia aonde ir
Sua liberdade, a fazia sorrir

Voava meio sem rumo
Em seu coração, não havia prumo
Parecia sozinha no mundo
Não tinha sonhos de um amor profundo

Pois foram pisados por um velho amor
Sem amor, incolor, cheio de dor
Assim, seu coração caminhava
Assim, sua alma chorava

A decepção a fez encontrar-se
Por si mesma, decidiu apaixonar-se
A alegria de amar o outro, ficou pra traz
E o desgosto tomou sua vida, foi sagaz

Ela? Folha! Voo pros braços de outro alguém
E aquele velho amor, não a faz mais refém
Encontrou outra vez a alegria de amar
E descobriu quão incrível pode ser um par

Aprendeu outra vez a partilhar
Seu coração pôde novamente,  a outro ser amar
E quão livre a fez esse amor
Trouxe amor, a pintou, limpou sua dor

Aquela folha, ela! Continua a voar
Não deixou de se amar
Mas hoje,  com outro alguém aprendeu a compartilhar
Um amor tão profundo, que a faz querer o mundo pintar.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Sobre nossos doces dias



Seus olhos me revelam tanto amor,
que só de pensar em você vai embora qualquer dor.

A forma como você vê a vida me incendeia a alma,
e me lembra aquela calma.

A calma que você me olhava,
com você tudo mudava.

Os sonhos fluíam sem fim...
e agora você faz parte de mim.

Ter você aqui foi um sonho,
e nada mais me parece medonho.

A não ser o medo de não ter você nunca mais aqui.
Venha e faça mais parte de mim.

Quero juntar nossos sonhos num lindo balão azul,
e sentir outra vez aquela dança, onde tudo era blue.

Você regou uma roseira que não para de crescer,
e fez meu coração amadurecer.

Agora me restou tua falta,
teu cheiro, tua alma.

Me restou
Saudades...

Saudades de dias que ainda hão de vir outra vez.


E me farão florescer.
Me farão enlouquecer.
E me farão crer.

Que você é tudo que eu mais preciso.
Venha, viver sua vida comigo!