Visualizações de página do mês passado

ATENÇÃO

QUER AJUDAR O BLOG ?
Deixe um comentário a baixo de uma postagem ou marque, bom, muito bom ou ruim.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Ainda que eu falasse






Na primeira carta de Paulo aos Coríntios, no capitulo 13 está escrito:

 Ainda que eu falasse a língua dos homens e 
dos anjos, se eu não tivesse amor eu nada seria.


Ainda que eu falasse a língua dos anjos e enxugasse as lágrimas dos que estão em prantos 
ainda que eu vestisse como veste a flor nada seria se eu não tivesse amor.

Ainda que eu gravasse meu nome nas estrelas do universo e pro sobrenatural
eu pudesse abrir um portal de acesso, ainda que eu trovejasse como o trovão 
com apenas a voz e se eu fosse um homem alado veloz como um albatroz um alcatraz 
mas somado a todos os dons espirituais e voltasse aos tempos atrás e das histórias 
mudasse os anais, ainda que eu tivesse todos os aneis de teologia sabiesciencia 
e filosofia e se eu fosse o pai da sabedoria amamentasse a inteligencia e trocasse 
as fraudas do conhecimento, dominasse o extremo saber e controlasse as forças do vento, 
ainda que eu tivesse o controle da chuva e do sol e se eu fosse o senhor dos aneis 
ou da pedra filosofal, ainda que eu fosse um grande poeta um poderoso proveta 
e pra todas as perguntas eu tivesse as respostas certas.

Ainda que eu ressuscitasse 
todos os mortos de Hitler e com o dedo menor eu pudesse parar as balas de rifle ainda 
que eu pudesse surfar nas ondas do tsunami se eu fosse maior imperador do mundo 
maior guerreiro de um tatame, ainda que eu 'fosse' nada seria eu assumo, 
ainda que meu palco fosse a lua e eu fizesse scratch nos aneis de Saturno, ainda 
que do Orion eu fizesse meu outdoor se eu não tivesse amor continuaria sendo apenas o pó 
ainda que eu me vestisse como Salomão como os lirios do campo, me canonizasse 
em vida como maior de todos os santos, ainda que eu pudesse parar no ar como beija-flor...
nada seria se eu não tivesse amor 

Ainda que meus ossos fossem feitos de Adamantese eu fosse o protagonista 
e todos fossem os figurantes .

Ainda que eu fosse maior do que a todos os eruditos e no inicio do evangelho eu tivesse 
andado com Cristo, ainda que eu pudesse abrir o mar como Moisés e tivesse mais fé 
do que a todos os fiéis para transportar os montes e lança-los ao mar, pudesse operar 
milagres e maravilhas e tivesse o dom de curar, ainda que eu pudesse revelar todo 
o mistério e no inicio da reforma eu evangelizasse Lutero, ainda que no Carandirú em 
Vigário Geral eu pudesse deter a chacina e somente com o poder da minha mente eu 
pudesse desarmar a bomba de Hiroshima, ainda que eu pudesse medir o planeta Terra 
com a palma da minha mão e se eu sondasse as profundezas e mistérios do seu coração, 
ainda que eu fosse capaz de trazer a paz para todo o mundo e num estalar de dedo eu 
acabasse com a fome e com a sede em fração de segundos, ainda que eu distribua 
todos os meus bens entre os pobres e fragilizados, ainda que eu pudesse entregar 
meu próprio corpo para ser queimado.

Ainda que eu pudesse prever os acontecimentos 
que estão no por vir, aquilo que não tem existência com grande poder eu fizesse existir 
ainda que eu parasse no ar como beija-flor, nada seria se eu não tivesse amor.


(ESTRATAGEMA DE DEUS)

quarta-feira, 21 de março de 2012

Continue indo em contra mão ao mundo



Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre.      
                                                                                                        ( Salmos  125:1)